Prefeitura do Rio apresenta o novo modelo do BRT

27/Set/2022

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, a secretária de Transportes, Maína Celidonio, e a presidente da Mobi-Rio, Claudia Secin, apresentaram o novo modelo de ônibus que será utilizado na operação do sistema BRT. Com identidade visual redefinida nas cores amarela e prata e mais moderno, o veículo articulado foi apresentado na manhã desta terça-feira (27/9), na garagem do BRT, em Curicica, na Zona Oeste.

- É uma satisfação e uma alegria sem tamanho recebermos o primeiro ônibus. Sabemos que a população está sofrendo e, infelizmente, não é simples adquirir novos ônibus. Em dezembro já devemos ter o número suficiente para meio que reinaugurar a Transolímpica. Depois, no fim de janeiro e início de fevereiro, mais ônibus novos para a Transcarioca, já com todas as estações reformadas. A última a receber os modelos novos será a Transoeste, por conta das obras do piso. Nela, os passageiros vão ter mais ofertas de ônibus no primeiro semestre de 2023, mas ainda operando com os antigos. Esperamos que, assim, a população volte a o serviço adequado e viagem com conforto – afirmou Eduardo Paes, que fez um apelo aos usuários para que tenham cuidado e carinho com os novos ônibus, porque os veículos foram comprados com dinheiro dos impostos e danificá-los significa danificar o próprio bolso.

Com o objetivo de acelerar a recuperação do BRT, a Secretaria de Transportes (SMTR) realizou licitações em abril e maio de 2022 para a aquisição de 291 novos veículos para o sistema, sendo 220 articulados e 71 ônibus do tipo padron. Os novos veículos serão entregues entre outubro deste ano e março de 2023. A Prefeitura ainda vai licitar mais 270 articulados.

O articulado apresentado nesta terça-feira é da multinacional brasileira Marcopolo, com chassi da fabricante Volvo e capacidade para transportar até 181 passageiros. O modelo conta com tecnologias como sistema de próxima parada, com aviso por meio de dispositivos audiovisuais que alertam sobre as próximas estações de desembarque, ar-condicionado, botão de pânico na cabine do motorista, sistema de comunicação do motorista aos passageiros com microfone instalado na cabine do motorista, aviso sonoro de fechamento das portas de embarque e desembarque e tomadas USB em todas as poltronas.

O novo modelo conta também com circuito fechado de TV que permite ao motorista visualizar as imagens das câmeras internas do veículo. O novo BRT é composto por painel que mostra a velocidade do veículo, cabine segredada para o motorista, câmera de marcha à ré e sistema de iluminação diferenciada, com cromoterapia no interior do veículo.

- Planejamos uma frota para dar conforto para a população, acabar com a lotação, com uma frequência muito alta de ônibus. Os novos modelos têm três rampas de acessibilidade e mais assentos para essas pessoas – disse Maína Celidonio.

 

 

Reestruturação do sistema BRT

A Prefeitura do Rio tem trabalhado pela maior eficiência do BRT desde o ano passado, quando assumiu a gestão do sistema. Ao todo, 46 estações que estavam fechadas foram reformadas e reabertas, além de outras 23 remodeladas. Entre outros projetos, estão as obras em andamento de construção do BRT Transbrasil, que terá 18 estações e quatro terminais, incluindo o Terminal Intermodal Gentileza, que vai integrar o BRT ao VLT e linhas de ônibus municipais.

Também estão em execução a requalificação da pavimentação do corredor Transoeste e a reformulação de cinco estações e terminais: Santa Cruz, Curral Falso, Pingo D´Água, Magarça e Mato Alto. Cinco garagens de ônibus, localizadas em Paciência, Curicica, Cascadura, Ramos e Deodoro também passarão por obras de melhorias e expansões para receber a nova frota do BRT.

Recentemente, foram criados dois serviços eventuais (Alvorada x Madureira e Alvorada x Penha) no corredor Transcarioca, com 38 articulados alugados. Estes serviços se juntam aos outros já em operação na Transoeste, que já contam com 101 ônibus urbanos alugados. A Prefeitura também iniciou a contratação de operadores de estação, que receberão treinamento do programa BRT Seguro, da Secretaria de Ordem Pública (Seop), para fiscalizar e multar a prática ilícita de evasão de tarifa no sistema BRT.

- A Prefeitura está trabalhando para devolver aos passageiros o conforto e a qualidade no sistema BRT. Estamos reformando estações, oferecendo serviços complementares para desafogar a demanda até que os novos ônibus entrem em operação – disse a presidente da Mobi-Rio, Claudia Secin.


Bilhetagem Digital começará pelo BRT

A licitação da nova bilhetagem digital está em andamento e permitirá à Prefeitura ter o controle sobre a receita do transporte público, garantindo transparência. A assinatura do contrato está prevista para outubro deste ano e o início da operação, em abril de 2023, começando pelo BRT. Nos outros meios de transporte municipais, como VLT, ônibus convencionais e vans, a previsão é que o sistema de bilhetagem digital comece a ser operado até o início de 2024. A concessão será pelo período de doze anos, podendo ser prorrogado por, no máximo, igual período.